Fala, Linguagem e Desenvolvimento


Fonte: Associação Nacional de Dislexia

Fala, Linguagem e Desenvolvimento
Fala e Linguagem da criança de zero a doze meses
Fala e Linguagem da criança de 12 a 18 meses
Fala e Linguagem da criança dos 18 aos 24 meses
Fala e linguagem da criança de 2 anos
Fala e Linguaguem de Criança de 3 Anos
Fala e Linguagem da criança de 4 anos
Fala e Linguagem da criança de 5 anos
Fala e Linguagem da criança de 6 anos

“Seu filho de 2 anos ainda não fala, só diz algumas palavras. Em comparação com seus amiguinhos, você acha que ele está atrasado. Esperando que ele se desenvolva, você adia a procura de um profissional especializado”.
Esta cena é comum entre os pais de crianças que demoram para começar a falar. A menos que sejam observadas dificuldades em outras áreas do desenvolvimento, os pais às vezes hesitam para buscar ajuda.

Não Espere para Avaliar

Crianças com a idade de 12 a 18 meses devem ser vistas por profissionais quando seus pais suspeitam de atraso nas habilidades de comunicação. Os pais devem também procurar ajuda se seu filho de qualquer idade não responde a sons. Uma avaliação precoce é importante, para evitar futuros problemas de linguagem.

Há uma diferença entre fala e linguagem.
A fala se refere basicamente à forma de articular sons nas palavras. A linguagem significa expressar e receber informações de modo significativo. É compreender e ser compreendido através da comunicação. Uma criança com problemas de linguagem pode estar apto a pronunciar bem as palavras, mas, ser incapaz de colocar mais de duas palavras juntas. Inversamente, a fala de uma outra criança pode ser difícil de ser compreendida, mas ela usa palavras e frases para expressar suas idéias. Problemas com fala e linguagem diferem, mas freqüentemente coincidem.

Voltar ao índice

Fala e Linguagem da criança de zero a doze meses

A criança de zero a seis meses de idade ...

- Reage aos estímulos ambientais de forma reflexa
- Reage aos estímulos ambientais alterando o comportamento de forma significativa (sorriso e choro)
- Ri e murmura para pessoas conhecidas
- Reage às vozes altas, ou não amigáveis
- Volta-se e olha na direção dos novos sons
- Balbucia pedindo atenção
- Faz vocalizações generalizadas
- Observa sua mão
- Reage ao seu nome

Com oito meses, a criança ...

- Acaricia sua própria imagem refletida no espelho
- Produz quatro ou mais sons diferentes
- Usa freqüentemente as sílabas ba, da, ka
- Transfere objetos de uma mão para outra
- Vocaliza com variação de entonação frente aos diferentes estímulos
- Tenta imitar sons

Com dez meses, a criança ...

- Pode já dizer “mama” e “papa”
- Grita para chamar atenção
- Vocaliza enquanto manipula objetos
- Usa um jargão (balbucio que parece linguagem verdadeira)
- Brinca de “esconde-esconde”
- Fala uma sílaba ou uma seqüência de sons repetidamente
- Sorri e vocaliza ao ver sua imagem refletida no espelho.

Como você pode estimular a fala e a linguagem da criança de zero a 12 meses

- Reagindo aos sons que ela faz
- Falando com ela enquanto você estiver cuidando dela
- Lendo livros coloridos todos os dias
- Mantendo sua linguagem simples e concreta
- Recitando versinhos e cantando
- Mostrando interesse em todos os sons diferentes que ela ouve ( o gelo num copo, a campainha tocando, a chuva caindo)
- Ensinando os nomes das coisas do dia a dia e das pessoas familiares
- Levando a criança em diferentes lugares
- Brincando de jogos simples como “esconde-esconde”
- Tocando música para ela


Voltar ao índice


Fala e Linguagem da criança de 12 a 18 meses

A criança de 12 a 18 meses:

- Reconhece seu nome.
- Entende “não”.
- Compreende ordens simples.
- Imita palavras familiares.
- Acena com a mão (adeus)
- Fala 2 ou 3 palavras além de “mamãe” e “papai”
- Emite “sons” de coisas e animais familiares.
- Dá um brinquedo quando lhe pedem.
- Dá muitas gargalhadas.
- Ouve bem e discrimina vários sons.
- Reconhece a palavra como símbolo de um objeto: carro – aponta a garagem; gato - miau
- Mostra muito afeto, fazendo barulhos e batendo palmas com o carinho de seus pais.
- Entende verbos que representem ações concretas e relativos a suas próprias necessidades (mais, quer, acabou, dá)
- Identifica 4 objetos familiares sob nomeação

Como você pode estimular a fala e a linguagem da criança de 12 a 18 meses:

- Lendo livros bem ilustrados e coloridos
- Incentivando-a brincar de jogos de imitação.
- Usando frases curtas
- Reforçando as palavras novas ditas por ela
- Fazendo atividades próprias para sua idade
- Conversando sobre o que vocês estão fazendo quando estiverem juntos

Voltar ao índice

Fala e Linguagem da criança dos 18 aos 24 meses

A criança de 18 a 24 meses

- Usa 10 a 20 palavras, incluindo nomes
- Escuta bem e discrimina vários sons
- Reconhece retratos de familiares e figuras de objetos conhecidos
- Combina duas palavras para demonstrar seus desejos, tal como "mais"
- Imita palavras e sons com maior precisão
- Aponta ou faz gestos para mostrar alguma coisa ou para expressar seus desejos
- Traz objetos familiares de um cômodo para outro quando solicitado
- Obedece ordens simples
- Imita trabalhos domésticos: esfregar um pano, colocar a mesa
- Nomeia 4 objetos rotineiros
- Pode cantarolar
- Identifica 3 partes do corpo, em si e no outro sob nomeação
- Realiza até 2 ordens simples
- Usa o próprio nome
- Responde sim e não
- Começa a fazer frases simples

Como você pode estimular a linguagem da criança de 18 a 24 meses:

- Contando histórias de livros
- Falando de modo, simples e claro
- Proporcionando experiências para estimular a fala e o desenvolvimento da linguagem: passeios, ida ao "shopping", ao play ou jardim de sua casa, pic nic, tarefas domésticas em conjunto
- Conversando sobre os lugares novos antes de ir, enquanto vocês estiverem lá, e quando chegarem em casa
- Olhando-a nos olhos quando estiver falando com ela
- Imitando e identificando sons , tais como cachorro latindo, pássaros cantando, sirenes, portas rangendo, barulho de água
- Descrevendo o que a criança está fazendo, sentindo e ouvindo
- Fazendo com que estas experiências de falar e escutar sejam agradáveis, importantes e divertidas para a criança
- Elogiando a comunicação da criança

Voltar ao índice

Fala e linguagem da criança de 2 anos

A criança de 2 anos :

- Usa o próprio nome
- Relaciona o que fala com situações concretas
- Nomeia mais ou menos 3 partes do corpo ou de uma boneca ou pessoa
- Fala sozinho enquanto brinca
- Combina 2 palavras para exprimir posse
- Mostra com os dedos a idade
- Identifica no mínimo 3 objetos pelo uso
- Reconhece: “grande", "pequeno”, “em cima de”, “embaixo de”, e “dentro”, sob nomeação
- Aponta gravura de objeto comum
- Compreende o “onde” respondendo adequadamente
- Combina verbo ou substantivo com “este” e “aqui”, falando 2 palavras
- Combina “é” em frases de 2 elementos
- Usa artigo na fala
- Aplica regra regular de gênero
- Possui vocabulário de 50 a 100 palavras
- Pode relacionar cores primárias e nomear uma cor

Como você pode estimular a linguagem da criança de 2 anos

- Deixando-a ouvir CD ou fitas infantis
- Elogiando sua comunicação
- Descrevendo as atividades que estão fazendo, acrescentando novas palavras
- Utilizando palavras novas em várias situações (ampliação de vocabulário)
- Proporcionando novas experiências: teatrinho, cinema, circo... e comentando sobre elas
- Lendo historinhas

Voltar ao índice


Fala e linguagem da criança de 3 anos

A criança de 3 anos:

- Aponta 3 cores primárias quando nomeadas
- Começa a compreender frases relativas à direções, como: “coloque o cubo (debaixo, em frente, atrás) da cadeira. Porém é difícil entender: “ao lado”
- Executa uma série de 3 ordens relacionadas
- Conhece seu sobrenome e o seu sexo
- Pode falar sobre uma historinha ou relacionar uma idéia ou objeto
- Usa orações empregando 4 a 5 palavras
- Tem um vocabulário de quase 1000 palavras
- Repete sons, palavras, frases e orações
- Pode repetir 2 dígitos e 3 a 4 palavras
- Pode desenhar um círculo e uma linha vertical
- Pode cantar músicas
- É capaz de permanecer em uma atividade por 8 minutos
- Com freqüência faz perguntas sobre um assunto: “Quê?”
- Usa formas possessivas, como: “meu”, “minha”, “teu”, “seu”, “de” junto ao nome (ex.: de minha mamãe)
- Usa formas verbais simples e complexas, tais como: “estou jogando”, “vou jogar”.
- Usa termos de negação tais como: “nada”, “nunca”, “ninguém”, “nem”
- Começa a usar orações compostas, unidas por: “e”, “que”, “onde”, “como”
- Expressa verbalmente fadiga (diz que está cansado)
- Combina substantivo mais adjetivo
- Usa: “eu”, “mim”, ao invés do próprio nome
- Memoriza pequenos versos e músicas

Como você pode estimular a fala e a linguagem da criança de 3 anos

- Introduzindo palavras novas no seu vocabulário, enquanto brinca com ela
- Ensinando-lhe relações entre palavras, objetos e idéias
- Ensinando à criança contar histórias, utilizando livros e desenhos
- Permitindo que jogue com outras crianças
- Lendo para ela histórias
- Prestando muita atenção quando ela fala, lembrando que se ela repetir palavras e sons é normal
- Fazendo jogos com rimas

Voltar ao índice

Fala e Linguagem da criança de 4 anos

A criança de 4

- Nomeia: pequeno, grande, embaixo, em cima, dentro, fora, pesado, leve, igual, diferente, cores primárias e 3 formas geométricas
- Descreve eventos e personagens de histórias conhecidas e relata 2 fatos em ordem de ocorrência
- Segue instruções ainda que não esteja em frente ao objeto
- Pode falar algo imaginário como “suponho que”, “ eu desejo”
- Faz perguntas usando: “Quem?”, “Por que?”, “Como?” e “Quando?”
- Utiliza orações complexas
- Utiliza tempo passado e plural
- Copia uma linha e um círculo
- Tem um vocabulário de quase 1500 palavras
- Mantém-se numa atividade por 11 ou 12 minutos.
- Repete 3 dígitos e sentenças de 5 a 6 palavras
- Executa uma série de 2 ordens simples não relacionadas
- Nomeia seus próprios desenhos
- Segue regras de convívio social
- Reconhece partes do corpo: cabeça, braços, pernas, pés, mãos, cabelo, bumbum, nariz, orelha e boca
- Mantém atenção quando uma historinha é lida para ela
- Diz seu nome completo
- Responde perguntas de ordem temporal, referente a fatos concretos (dia – noite)
- Identifica objetos pelo uso
- Tem fala inteligível

Como você pode estimular a fala e a linguagem da criança de 4 anos

- Ajudando-a a classificar objetos e coisas, explicando qual a razão de pertencerem a uma determinada categoria
- Conversando com ela sobre coisas que ela possa realizar
- Ensinando-a usar o telefone corretamente
- Permitindo que ajude a planejar atividades tais como Natal, aniversário...
- Dando à criança mais responsabilidade na vida diária
- Lendo histórias cada vez maiores
- Permitindo que crie e conte histórias
- Mostrando constantemente seu interesse no desenvolvimento de sua linguagem e pensamento

Voltar ao índice

Fala e Linguagem da criança de 5 anos

A criança de 5 anos:

- Define os objetos pelo uso e pode dizer de que são feitos os objetos
- Conhece relações espaciais como “acima”, “abaixo”, “atrás”, “perto” e “longe”
- Sabe seu endereço.
- Constrói orações utilizando de 5 a 6 palavras
- Identifica dinheiro
- Possui um vocabulário de aproximadamente 2000 palavras
- Usa corretamente os sons da língua
- Conhece antônimos de palavras familiares
- Entende o significado das palavras igual e “diferente”
- Usa o condicional
- Conta dez objetos
- Acompanha a seqüência de uma estória
- Utiliza o tempo presente, passado e futuro dos verbos
- É capaz de permanecer em uma atividade durante mais de 15 minutos
- Pede informações
- Pede ajuda quando encontra dificuldade
- Usa todo tipo de orações, algumas das quais podem ser complexas, por exemplo: “antes de entrar em casa eu preciso tirar meus sapatos molhados “
- Usa corretamente os pronomes
- É capaz de fazer rimas
- Repete 4 dígitos
- Responde a pergunta “por quê” , dando uma explicação
- Nomeia cores além das primárias
- Reconhece uma gravura que não pertence a uma classe específica, por exemplo: o que não pertence a classe dos animais
- É capaz de apontar absurdos em uma figura
- Executa uma série de 3 ordens não relacionadas
- Articula corretamente todos os fonemas

Como você pode estimular a fala e a linguagem da criança de 5 anos

- Incentivando-a a usar sua linguagem para expressar seus sentimentos, idéias, sonhos, desejos, e medos
- Permitindo que ela crie desenhos novos livremente com lápis, lápis cera, pilot e papel
- Proporcionando oportunidades de aprender canções, rimas ou versos de memória
- Lendo contos, histórias maiores
- Falando com a criança sobre temas variados sem utilizar termos e expressões infantis
- Escutando e prestando atenção quando ela fala, levando em conta que a criança entende mais do que é capaz de verbalizar

Voltar ao índice

Fala e Linguagem da criança de 6 anos

A criança de 6 anos

- Usa a gramática adequadamente
- Compreende o significado das frases
- Nomeia os dias da semana em ordem e conta até 30
- Conta uma história de 4 a 5 fatos e começa a ter noção de causa/efeito
- Sabe o dia e mês de seu aniversário, seu sobrenome, endereço e telefone
- Distingue direita e esquerda
- Conhece a maioria das palavras opostas e o significado de: “através”, “até”, “em direção a”, “longe”, “desde”.
- Sabe o significado e usa corretamente as palavras: “hoje”, “ontem” e “amanhã”.
- Formula perguntas utilizando: “Como?”, “Que?”, “Por que?”.
- Pergunta o significado de palavras novas ou pouco familiares
- Relata experiências diárias

Como você pode estimular a fala e a linguagem da criança de 6 anos

- Reservando um tempo de seu dia para conversar com ela
- Lendo histórias para ela e pedindo que ela reconte
- Ajudando-a a escrever seu próprio livro de histórias com desenhos e ilustrações
- Pedindo que represente diferentes personagens de histórias
- Propondo jogos que envolvam raciocínio
- Dando tarefas em que seja necessário seguir algumas instruções
- Deixando-a cozinhar, utilizando livros de receitas infantis, com passos e instruções simples
- Assistindo com ela programas de televisão e vídeos, pedindo que conte sobre o que viu e o que mais gostou
- Permitindo que participe de discussões familiares em que possa dar sua opinião
- Ajudando-a a conhecer e utilizar novas palavras e conceitos


“SE VOCÊ ACHA QUE SEU FILHO NÃO ESTÁ ACOMPANHANDO ESTA ETAPAS DE DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM, PROCURE UM FONOAUDIÓLOGO”

Voltar ao índice

Publicado em 03 de junho de 2003.